Sexta-feira, 16 de Março de 2007

Redenção

Em tempos tive uma amiga excepcional . Foi das poucas pessoa que realmente me conheceu e que mesmo assim gostava de mim tal como eu era. Infelizmente naquela altura ela era insegura e muito paranóica por causa do namorado. Eles foram feitos um para o outro (e definitivamente acho que independentemente das voltas que a vida dá eles vão sempre amar-se) mas mesmo assim ela tinha toda uma serias de paranóias sobre ela própria , e quando em certa altura as coisas se tornaram um pouco mais duras todas essas inseguranças levaram a que ela naquela  fosse por um caminho que eu pessoalmente ainda hoje acho estúpido . Eu sou caturra e ainda hoje sou da opinião que só nós  próprios nos podemos deixar ir a baixo ou fazer algo e mudar as coisas, em vez de andarmos super mal por causa de um outro alguem. Virei-lhe as costas, literalmente. Talvez ela de facto estivesse bem como estava, mas eu sempre achei que uma miúda linda, maravilhosa e inteligente como ela consegui enfrentar os problemas de outra forma. A dada altura ela tentou que eu me integra-se na naquela sua nova forma de ser mas foi ainda pior. Se ela estava mal eu não estava melhor, a diferença é que eu nunca gostei de dar o braço a torcer. Eu só queria estar sozinha, ter tempo para mim, definir prioridades e dar tempo ao tempo para conseguir voltar a sair da casca. Infelizmente na melhor das vontades de me por de novo em cima do cavalo ela apresentou-me uma pessoa que acabou por ser apanhado no fogo cruzado por assim dizer. deve ter sido dos poucos que de facto gostou de mim e eu magoei-o muito. Durante muito tempo pedi-lhe todos dias desculpa em pensamento. Só ao fim de 3 anos ganhei coragem para tentar falar com ela mas obviamente ela não me passou cartão. Seja como for guardo-a como uma das poucas doces memorias da minha adolescência . Provavelmente sem me dar conta fui muito má tanto para ela como para o rapaz que ela me apresentou. Se os fiz sofrer espero que eles acreditem que todo esse sofrimento me foi devolvido, não como uma marca emocional, mas como uma física , visível a olho nu mesmo na minha cara.

Não espero compreensão , tão pouco que algum dia voltemos a ser amigas, apenas espero que tanto ela como ele me desculpem porque honestamente é a única coisa que me ocorre dizer-lhes

sinto-me:
garatujado por... Titania às 18:39

link do post | quero opinar porra! | favorito

just me...

pesquisar

 

Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Voltei

Bora lá

....

Ninguem luta por mim

Desleixada mas feliz

À pois é!!!!!!!

Amor

Redenção

Say it Right

A Idiota da Farmacêutica!...

arquivos

Julho 2007

Maio 2007

Março 2007

tags

3

amiga; desculpa

amo-te

carros

idiota

todas as tags

links

subscrever feeds